A reação desse pai quando esse jovem revelou que tinha engravidado sua filha…

Se você é um pai e a sua filha engravida inesperadamente de um homem que não a ama, o que você faria?

Provavelmente você ficaria com vontade de dar uma surra nele, ou no mínimo forçá-lo a assumir suas responsabilidades. Pior ainda: preocupado com o futuro de sua filha e o futuro do bebê, você se sentiria tentado a concordar com ela caso ela quisesse interromper a gravidez. Pois veja abaixo o relato desse pai, cuja história de gravidez inesperada da filha teve um desfecho pra lá de inusitado…

Bem, esse pai compartilhou esta história sobre o jovem que engravidou sua filha, com apenas 17 anos na época. Ele nunca esperava tal reação, vinda do jovem responsável pela situação.

"Eu sou gerente geral numa concessionária de carros. Quando minha filha tinha 17 anos ela foi à uma festa e conheceu um homem. Eles transaram e ela ficou grávida. Quando ela descobriu, não quis me contar quem era o pai.

Alguns meses depois, num domingo à tarde, eu estava relaxando em casa, vendo TV, quando estaciona um Monza das antigas na frente da minha casa. Um jovem desceu do carro e veio em direção à nossa porta de entrada.

Para preservar a privacidade da minha família, vamos considerar que ela se chama “Ana”.

O jovem toca a campainha, eu abro a porta e ele pergunta: “Você é o pai da Ana?”

Eu o encaro e respondo, “Sim, sou eu. Quer que eu chame ela?”

Ele continua, “Não senhor, eu vim para falar com você mesmo. Posso entrar?”

Eu permiti e ele então me explicou que tinha 18 anos, tinha terminado recentemente o ensino médio e que não gostava muito de estudar, e que por conta disso o mais provável era que não teria um grande futuro pela frente. Nessa hora eu já estava sentindo onde é que ele iria chegar.

Ele disse então, “A Ana está grávida.”

“Sim”, eu respondi.

“Eu sou o pai.”

“Eu imaginei”, disse eu, e perguntei: “Então, o que você vai fazer?”

Ele respondeu, “Bem, eu não amo a sua filha e não deveria ter feito o que eu fiz. Mas sei que estou prestes a ter um filho, e que no momento não tenho condições de ser um bom pai. Eu sei que você é gerente numa concessionária e sei também que uma pessoa esforçada consegue ganhar um bom dinheiro vendendo carros. Eu quero trabalhar pra você para ter um bom salário e ser um bom pai.”

Eu o olhei bem e perguntei, “Que tipo de trabalho você quer fazer na minha concessionária?”

“Eu quero vender carros. Quero ser um vendedor. Já ouvi falar que é um trabalho que não pede um nível muito alto de estudos e que dá pra tirar uma boa grana se a pessoa estiver disposta a trabalhar duro.”

Eu balancei a cabeça admitindo que o que ele tinha acabado de dizer é verdade e disse, “É verdade. E … você tem coragem de vir até aqui, dizer que engravidou a minha filha que você não ama e ainda por cima me pedir um emprego?”

Ele respondeu, “Eu tentei analisar a situação e achei que era a minha melhor opção para encontrar um trabalho e ser um bom pai para meu filho.”

Eu disse então, “Eu quero você, amanhã, às 8 horas na minha concessionária, vestindo a melhor roupa que você tiver, entendido?”

Ele disse, “Sim senhor.”"

Isso foi a 10 anos atrás. Ele agora é gerente de uma outra concessionária do mesmo dono e uma das melhores contratações que eu já fiz. Ele também é um ótimo pai de duas crianças. (Ele casou-se com outra mulher e tem um filho com ela).

Ele compartilha a guarda do meu neto com minha filha e a coisa até hoje tem funcionado. Eu não estou dizendo que ele não cometeu um erro, nem que essa seja a melhor situação.

O que eu posso dizer é que eu admiro muito esse homem que assumiu as suas responsabilidades e se tornou um bom pai. Eu tenho certeza que existem muitos outros por aí que não teriam feito o mesmo.

A calma desse pai só não supera sua noção de honra e de responsabilidade. Se você também acredita que é importante termos um caráter íntegro e respeitarmos alguns valores importantes nessa vida, compartilhe esse post com sua família e seus amigos!

Publicidade

Publicidade